terça-feira, 29 de setembro de 2009

vento imaginário

a imaginação recria a existência voa como pássaro as vezes é colhida, e aprisionada como o pássaro encantado do Rubem Alves, mas quem a pode conter,
a liberdade nutre a imaginação como vento que traz novo alento e novos mundos...
Heberle