domingo, 22 de agosto de 2010

amor genuíno...

e para aumentar a complexidade da questão como pessoa
e não como homem limitado e mortal.

o amor é inclusivo

ele cuida e zela
e por esse motivo Gandhi
e Cristo e tantos outros humanos como nós
Nunca expressarão seu amor por apenas uma pessoa,
mas pela humanidade!

podemos amar cada pessoa em especial,
a relação é única singular
e requer humildade respeito
e solicita romper com barreiras do ego
da posse e do egoísmo,

que governam as relações de modo geral,
sem esse amor
não poderíamos dizer que te amo
sem ferir minha mulher - companheira (o)
não poderiamos expressar nenhum sentimento de mais valia,
até mesmo um breve oração a Deus por sua paz e prosperidade poderiam ser interpretadas de modo equivocado,
mas o tempo chegou,
o sapos serão expostos em seus relacionamentos
e alma florescerá com amor verdadeiro
Heberle Babetto
"é Tempo de superar o HOMOSAPO"

Ângela Sai-
homens gostam de galantear mas não se aprofundar numa única e verdadeira relação...é vero

terça-feira, 10 de agosto de 2010

alma clarida


como a alma é grande
quando é generosa
e seu fundo quem pode conhecer
desnudar o véu
que nos separa da real percepção da vida
e se entregar a essa luz do amor real e nutridor
que flui em toda sua plenitude.

na claridade de sua alma
recebo como prece
sua presença
logo cedo
ainda dá tempo
o eterno sempre retorna
ao ponto de partida
em outro nível de compreensão
 Heberle Babetto

quem sou eu:



"Se há tanta paz no azul que o céu abriga,
E há tanto azul que tanto bem nos faz,
Se há tanto azul e há tanto céu, me diga
Por que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz no verde-mar da onda
Que faz-se verde e em branco se desfaz,
Se há tanta onda pelo mar, responda:
Por que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz no odor das multicores
Flores: orquídeas, rosas, manacás ...
Se há tanta paz em cada flor e há tantas flores,
Por que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz nos cânticos suaves
Que entoam na alvorada os sabiás,
Se há paz num canto de ave e há tantas aves,
Por que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz na brisa que desliza
Sobre as folhagens, tímida e fugaz;
Se há tanta paz na brisa e há tanta brisa,
Por que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz nas expressões tão mansas
Que ao vir ao mundo uma criança traz,
E cada dia existem mais crianças,
Por que o homem não encontra paz?

Se há tanta paz nos corações com fé
Que atrai o bem e afasta as coisas más,
Então oremos juntos, todos de pé,
Para que o homem encontre um dia a paz!"

(infelizmente... A.D)

Pra começar a semana com o pé direito nada melhor
que um grande Poeta deixando seu recado.
Eu o adoro. E a vc tambem


[...] sabe que o meu gostar por você chegou a ser amor, pois se eu me comovia vendo você, pois se eu acordava no meio da noite só pra ver você dormindo, meu Deus...como você me doía! De vez em quando eu vou ficar esperando você numa tarde cinzenta de inverno, bem no meio duma praça, então os meus braços não vão ser suficientes para abraçar você e a minha voz vai querer dizer tanta, mas tanta coisa que eu vou ficar calada um tempo enorme...só olhando você, sem dizer nada só olhando e pensando: Meu Deus, mas como você me dói de vez em quando!

Caio Fernando Abreu

fiquei tocado com vcs
meninas , Deus afaste todo o mal agora e sempre!!
bju amada amiga!!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

a jornada

é preciso 
sentir a plenitude,
pois a plenitude 

só se encontra na ausência esforço pessoal,
na ausência do esforço da vontade,

do pensamento,

do desejo,

da imaginação.
ela é fertil e vem por sí só,
isso requer disciplina,

em se  deixar ser...
le it be!
 


para isso vou cuidar da barca durante toda a viagem,
sem se apegar na hora da partida em terra.
caminhar um passo de cada vez entregue,

a jornada,
entregue e vida!

Heberle Babetto

gibran

O meu coração sangrou dentro de mim,
pois só podereis libertar-vos quando até mesmo
o desejo de procurar a liberdade 
se tornar um jugo para vós” 
k gibran


meu poeta de coração é Gibran

não é meu preferido
é um poeta que amo 
em especial como outros poetas
que vivem em mim...
Heberle

infinito chamado desejo



somos infinitos
desnudados podemos
descobrir

e
ficar cientes,
da alma e do espirito.
nossa essência pode mudar
o mundo,
como idéias compaixão, amor, alegria, verdade, justiça.

a prática do amor
é a única religião verdadeira,
capaz de religar o homem ao sí,
ao Ser
Universal
ao qual somos parcelas.
Heberle Babetto

ser ou não ser, melhor é ser...

No mundo sempre existirão
pessoas que vão me amar pelo que sou,
outras que vão me odiar pelo que sou e outras, ainda,
que ora vão me amar
ora vão me odiar.
Sabendo disso, vivo livre.
Falo o que penso,
faço o que tenho vontade,
mudo de opinião
ao meu prazer.
O importante é agradar a mim!
Eu tenho de
estar feliz comigo e para isso
não posso fazer nada pensando
em agradar outra pessoa senão eu mesma.”




As Vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas... O tempo passa... e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais!

arilda freitas

ORGULHO

ORGULHO
Para ser forte e lidar bem com a vida, é preciso tirar a escada e se manter firme no chão da verdade.

Acredite sempre na sua própia avaliação, na sinceridade do seu coração e nada de entrar nas vozes externas, nas suas atitudes implicantes e fantasiosas.
A exaltação, a aflição, o sair para a briga é sempre a manifestação do orgulho que quer fazer você acreditar ser o melhor.

A sua verdade deve prevalecer em você e para você. Não tente jogá-la para os outros. Deixe cada um na sua verdade.

Somente quando estamos ligados com o nosso centro de verdade é que entendemos os nossos direitos e os direitos dos outros, os quais nunca podem ser confundidos ou misturados. Assim, quando houver uma tentativa de confronto com o outro, você nunca será atingido.(Calunga)
Ângela Sai-

alma floral e seu aromas

quarta-feira, 28 de julho de 2010

QUEM MORRE ?




Morre lentamente quem não viaja, quem não
lê, quem não ouve música, quem não encontra
graça em si mesmo.

Morre lentamente quem se transforma em
escravo do hábito, repetindo todos os dias os
mesmos trajetos, quem não muda de marca,
não se arrisca a vestir uma nova cor ou não
conversa com quem não conhece.

Morre lentamente quem evita uma paixão...
...Justamente as que
resgatam o brilho dos olhos,
sorrisos dos bocejos, corações aos
tropeços e sentimentos.

Evitemos a morte em doses suaves,
recordando sempre que estar vivo exige um
esforço muito maior do que o simples fato de
respirar.

ESTEJAMOS SEMPRE VIVOS !

(Pablo Neruda)

amor existêncial


pratique o amor existêncial



por tudo que vive


toda alma sagrada

toda vida


toda vitalidade

cada momento


em nossa eternidade


heberle sales babetto

http://www.youtube.com/watch?v=XOzIUiCpNAM&feature=player_embedded

palavra verbo

a palavra pode ser verbo

e ter o gosto do substantivo
seja no plural ou singular
ela se modifica ao som do coração
sussurrada ou gritada
pode até ser um adjetivo que colore
o transparente,
ela é fôlego da vida
comunica até no silêncio
sua ausência é marcante
e sua presença latente,
que seja amor em vida
ou além da vida
o eterno presente

heberle babetto "o amor"

NA SUA PRESENÇA ...



Deus Eterno,
A sua presença é que me faz bem,
É onde sinto um enorme prazer em viver,
Onde um grande amor me envolve com esplendor,
Na sua presença é que realmente sou feliz,
É onde sinto uma enorme alegria em meu viver,
Onde um grande sorriso brota no meu coração,
A sua presença me enche de bondade,
É onde sinto um enorme desejo em viver,
Onde um grande sentimento de afeição me cobre,
Na sua presença sou mais que bem-aventurado,
É onde sinto uma enorme paz em meu viver,
Onde um grande sossego transborda na minha alma,
A sua presença é que me faz sonhar,
É onde sinto um enorme deleite em viver,
Onde um grande movimento de fé me acompanha,
Na sua presença tenho imensa esperança.


Graça e Paz !!!
Deus te Abençõe!!!!

Se o Príncipe não é encantado, a Gente tira ele da história ...

Se o Príncipe não é encantado, 
a Gente tira ele da história,
e a questão do encanto, 
e do desencanto que se segue,

mas como pessoas reais
podemos ter a conexão
e trabalhar pela relação
uma historia a ser vivida!
Heberle Babetto



quarta-feira, 21 de julho de 2010

Coração

Em cada coração há uma janela para outros corações
Eles não estão separados, como dois corpos
Mas, assim como duas lâmpadas que não estão juntas,
Sua luz se une num só feixe

Rumí poeta da vida

amizade forma de
amor natural e pura
a presença de Deus em nos
o que conta é o relacionamento
como cultivamos e nutrimos
a mente e o coração
Heberle

sexta-feira, 16 de julho de 2010

A ARTE DA FELICIDADE



A felicidade não depende do que acontece ao
nosso redor e sim do que acontece dentro de nós;
a felicidade se mede pelo espírito com o qual nós
enfrentamos os problemas da vida.
A felicidade é um assunto de valentia; é tão fácil
sentir-se deprimido e desesperado.

A felicidade é um estado de ânimo; não somos felizes
enquanto não decidirmos sê-lo.

A felicidade não consiste em fazer sempre o que
desejamos, mas sim em querer tudo o que fazemos.
A felicidade nasce ao colocarmos nossos corações em nosso trabalho e ao fazê-lo com alegria e entusiasmo.

A felicidade não tem receitas; cada um a cozinha com o tempero da sua própria meditação.

A felicidade não é pousada no caminho; mas uma
forma de caminhar pela vida.

idéia fixa

A sua maior capacidade ainda não foi revelada!
Nem você sabe realmente do que é capaz.
Por vezes, somente a dificuldade, a dor e a frustração,
são capazes de revelar o brilho dessa pedra preciosa,
lapidando cada aresta desse diamante que é você.
Por isso, não estranhe estar sem brilho,
parecendo uma pedra comum em meio ao mundo,
são seus olhos que estão embaçados,
é o seu sentimento que aceitou o "cinza",
pois a sua alma transborda cores,
é um prisma que reflete mil emoções.
Talvez, tudo o que você precise nesse momento,
é um polimento nas suas idéias,
uma lapidação nos pensamentos capaz de transformar;
atitudes comuns em grandes feitos,
emoções em ações,
razão em sensibilidade,
e por fim, entre riscos e rabiscos,
surge uma nova jóia, mais bonita,
mais forte, mais valorizada,
uma nova vida em você,
pedra preciosa do grande artesão que te escolheu,
para ser caminho brilhante entre os seus,
você, pedra selecionada,
no porta-jóias de Deus.

(Paulo Roberto Gaefke)


Que Seu dia seja lindo e radiante!

Beijos no coração
 Heberle Babetto.

Pragmatismo e tânatos




Isso é que é ser pragmático:
se morre alguém, esquece!
O dia borbulha tarefas na caldeira da repartição.
Projetos, compromissos, vantagens a maximizar.
Que importa o morto?
Urge a coisa dos vivos - vivíssimos.
O falecido teve o seu momento e está nos jornais,
Na forma de fotografia e editorial.
"Deixou obra digna de antologias,
Pena que seres de sua bonomia
Interrompam sua contribuição à decência.
Paz a seus restos".
Isso é que é ser pragmático.
Morreu? Era parte de nós?
A nossa parte está intacta
E circula no corredor com nossas ambições.
Importa o que somos. Não quem foi.
E somos esse afolivo de emergências,
Esses objetivos funcionais,
Papéis imediatos, obsessões, etc.
Quanto à destreza expositiva do morto,
Quanto à família do morto,
Quanto à...
Deixemos disso, não há perdas irreparáveis,
E há autoridades em perspectiva,
Há documentos por despachar,
não como se despacha um féretro.
Vamos, sejamos pragmáticos,
Declara-me, menos com palavras que com gestos,
O cara que trabalha na sala ao lado.
É verdade, a morte não tem sentido prático
(nem a vida).
Mas para mim era um poeta
E mesmo que fosse outro defunto
Significaria sempre o mistério.
Era um poeta
- e a poesia não é útil aos planos do interesseiro.
Mas uma imagem me manteve o dia melancólico.
É a recordação do poeta Enriquillo Sánchez,
que teve apenas o que deixou por escrito.
Não é preciso ser pragmático, definitivamente.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

reflexos

Das minhas reflexões
e daquilo que nossa sensibilidade nos mostra me dei conta que somos influenciados fortemente por 4 forças,
que mutas vezes estam invisiveis mas sempre presentes:

o medo da morte,
o isolamento existencial,
o significado da vida
e a liberdade...

por mais espiritualizados smpre nos deparamos com a morte na vida mesmo
medo do vestibular da gravidez, do ladrão da separação do evelhecimento...
a morte se disfarça e é onipresente
como diz  wood allen não tenho medo da morte só não quero estar lá quando ela chegar!!

bem sobre o isolamento nascemos sós e morremos sós,
passamos a vida tentando quebrara as barreiras que nos separam
não são poucas, mas aps poucos vamos nos aproximando quando nos damos conta é tarde.
sobre o significado é comum nos deparamos em momentos especiais com esse sentimento por volta do enta 40 50 60 70...
sobre os sentido os significado maior das coisa e de nossa existência
não falo isso no sentido intelectual mas no sensitivo
aquela verdade íntima que temos pra nos que nos dá um sentimento de preenchimento e satisfação!

sobre a liberdade é apenas para maduros,
o senso de auto suficiencia presença,que nos leva a viver e fazer escolhas maduras e conscientes...
a liberdae é fruto de uma vida bem vivida!!

essas 4 forças estam de certa forma ligadas e presentes em nossas vida
e nos levam a respostas incríveis
o medo de amar de se dar
de ser pleno
a depressão a dor angustia são lados de uma moeda a vida
agora com um olhar mais maduro e franco
consigo ver sua presença em minha vida e me meus irmãos e irmãs


um bju amados  heberle babetto
5 de maio de 2009 11:14

sementes para alma

prepararam o chão para as sementes,
que estavam adormecidas e quando o amanhã chegar, 
o sol vai despertá-las para uma nova vida,
para um novo tempo, tempo de colher,
de ser novo e novidade, riso e alegria, 
para amar e ser amado, 
no tempo de ser simplesmente você, 
que com o amor renasce. 
- Paulo Roberto Gaefke –





Tenham uma semana abençoada.
Beijos

feliz cidade

ei amigos deliciosos!!
espero que esteje tudo bem aí!!!!!!!!!
que vc renasçam a cada momento
mesmo depois do inverno da alma
vem uma primavera e um verão
aproveitem lindos!!!!
heberle




Infelizes são os que nunca amaram: eles desconhecem o que é verdadeiramente belo.
Podemos dizer que as pessoas que vivem uma vida realmente bela são aquelas que amam.
Quem conhece realmente as belezas naturais são as pessoas que amam a Natureza.
Quem conhece realmente a beleza do ser humano são os que amam verdadeiramente o ser humano.

( Masaharu Taniguchi)


ágape

AMOR -
O mais nobre de todos os sentimentos.
A possibilidade de amar é natural em todos.
É como a respiração: natural e fundamental.
Sem amor a vida não tem um sentido claro;
a depressão aloja-se facilmente;
perdemos amigos e companheiros.
A prática de amar leva-nos muito próximos a Deus.
Tornando-nos pessoas alegres e cheias de vitalidade.
Amar não se resume apenas à pessoa desejada.
O amor é o combustível do Universo.
É o veículo de comunicação com a felicidade.
Assim, devemos sempre nos lembrar:
Amar a si próprio,
permitindo, com auto-respeito, descobrir quem somos,
porque agimos de tal forma e qual o caminho para o bem estar.
Amar a vida,
um sentimento de pura integração com toda a existência.
É a verdadeira união.
A possibilidade de crescer, aprender e enriquecer.
Amar ao próximo,
a maneira de agradecer à possibilidade
 de sorrir,
viver e dar a sua contribuição para que outros
possam usufruir desta deliciosa sensação que é existir.
http://www.paz.com.br
Tenha um dia perfeito!
Beijos
 Heberle Babetto.


quarta-feira, 14 de julho de 2010

to brant

valeu pela dica vamos prar a praia agora e cudar da natureza é tudo de bom!!


carissima o amor
é a superação dos medos e da angustias da existência
ele não é um fim não é apegado
nem tenta reter nada da existência
ele se expande e cresce em direção a vida
cura de modo desapegado
que o bem,
não se enfuna
não é indecente
e toca unindo almas
e despertando a consciencia de somos a imagem e semelhança de Deus,
sem ele somos animais racionais
egoístas frustrados
duros de coração,
através dele podemos vencer nossas
tentações e o lado sombrio do ser humano.
Paz em seu coração!!!!!
 Heberle Babetto.

ao teus pés

Querida Betty

Querida Betty
sua presença é um presente para mim
a vida e um caminho
que seja de felicidade e libertação
e que nesse cantinho mundo onde você esteja
que seu coração floresça
em novas primaveras da vida
e quando chegar tempo da colheita madura
você diga há estou satisfeita
heberle

terça-feira, 13 de julho de 2010

ser feliz

Leve e suave como essa chuva e essa canção! rsrs

quando voa o condor

Passamos uma vida presos, qual pássaros em gaiolas!
Medo de amar, de olhar a vida de frente...
E, naquele pequeno espaço, cantamos nossas dores e
sonhos!
Muitas vezes, as portas de nossas gaiolas se abrem...
Mas permanecemos ali, acostumados, encolhidos às
nossas vontades e sonhos!
Não tenhamos dúvidas.
Na primeira oportunidade, alcemos o vôo dos falcões:
calmo, confiante, determinado!
Amemos sem medo, brinquemos um pouco com a vida!
Não tenhamos medo dos rochedos e, sobre eles,
estendamos nossas asas corajosas de falcão!
Soltemo-nos ao vento e deixemo-nos levar ao sonho!
Como o condor, tentemos enxergar as pequeninas
coisas à nossa volta e saibamos apreciá-las, dando um
sentido novo às nossas vidas!
Não sejamos passarinhos de gaiola, mas falcões e
condores do céu!

amor

Amor é eternidade. 
Se estiver presente, cresce. 
Ele conhece o início, 
mas não o fim.
Osho