sexta-feira, 16 de julho de 2010

A ARTE DA FELICIDADE



A felicidade não depende do que acontece ao
nosso redor e sim do que acontece dentro de nós;
a felicidade se mede pelo espírito com o qual nós
enfrentamos os problemas da vida.
A felicidade é um assunto de valentia; é tão fácil
sentir-se deprimido e desesperado.

A felicidade é um estado de ânimo; não somos felizes
enquanto não decidirmos sê-lo.

A felicidade não consiste em fazer sempre o que
desejamos, mas sim em querer tudo o que fazemos.
A felicidade nasce ao colocarmos nossos corações em nosso trabalho e ao fazê-lo com alegria e entusiasmo.

A felicidade não tem receitas; cada um a cozinha com o tempero da sua própria meditação.

A felicidade não é pousada no caminho; mas uma
forma de caminhar pela vida.