segunda-feira, 5 de julho de 2010

fazer amor



quero fazer amor com voce
mas em prosa poética

ver tua nudez,
e sorrir desarmado diante de teu sorriso
beber o suor do teu seio

e sentir o aroma da tua boca
me deitar em teu colo
e ouvir seu ser respirando
pelos teus poros

Heberle Babetto




O homem justo cresce e se desenvolve ético por opção, não por coersão.


Mônicka Christi