segunda-feira, 21 de junho de 2010

vida eterno contínuo

A vida é fogo que arde sem se ver
e sem dor nem desatino 
fluimos como pano de fundo do eterno,
em nossa veias correm o nectar
do sagrado desejo,
lubrificam nossos humores
frutificam em diversos sabores
que plantamos no coração mais secreto
na árvore da vida.
Heberle Babetto