sexta-feira, 3 de junho de 2011

Us ted



Foi naquele dia.
Me deu vontade de te amar...
Não tinha motivos....
e nem foi preciso,
só preciso te respirar

Ceder ao teu sorriso.
A tua prece.
A tua presença.

Meu alimento não é seu carinho,
nem sua luxúria
Nem sua atenção delicada, 
o seu sexo ardente,
ou sua comida gostosa....
Escolhi te amar sem motivo... 
Por ser amor.
Mesmo sabendo que voce,
na sua naturidade,
sem juízo,
te ví... logo...te amei....
você inevitavelmente, 
florescente
in
decente
nasceu 
em 
   mim...
¨
 Heberle Babetto.