segunda-feira, 21 de novembro de 2016

poemia

A poesia está nos olhos de quem vê,
No corpo que sente,
Na alma daquele que crê.
Poetar é dedilhar em pensamento,
Discorrer por entrelinhas,
Fazer rimas – borbulhar –
Mesmo que sem tinta.
A poesia fala enquanto cala,
Beija enquanto dorme
Suga,
Mesmo com falta de língua
Ausência de boca.
Poetar é acordar sem chão,
Alçar voo sem pouso,
Não ter teto, rumo ou desgosto.
Poesia é gosto – fogo –
Sentido
Não ter razão alguma,
Mas emoções diversas.
Poetar é amar,
Por isso te dedico.


via Tatiana Mendes